domingo, 24 de junho de 2012

RELATÓRIO - Foguete a Água - Parte 1

Questão 1 - Descreva a atividade de cada aluno no projeto.
(Colocar nome - atividade) 
(200 Pontos)

Simon – fotografia
Carolina – responsável pela base e organização geral
Lucas – bomba e paraquedas
Aryadne – material do paraquedas
Caroline – material do paraquedas
Fernanda - material do paraquedas

Questão 2 - Todos os grupos deveriam estar mostrando na aula de hoje o que foi prometido na semana anterior. Descreva o que prometeu e se cumpriu ou não? O que o grupo promete para a próxima semana? (200 Pontos)

Prometemos levar a base pronta e cumprimos.

Questão 3 - Já foram realizados testes? Caso positivo tabelar os tempos de cada teste, descrever junto o tipo da garrafa e se usou ou não paraquedas. (200 Pontos)


Tipo da garrafa
Tempo sem paraquedas
Tempo com paraquedas
600ml
2,46 s
3,51 s
600ml
3,72 s
5,37 s
600ml
4,09 s
10,23 s

Questão 4 - Descrever como construir a base feita por vocês. (200 Pontos)


1° passo: Na chapa de madeira 15x10cm², colocar duas argolas de parafusar com um espaçamento suficiente para fixar o cano do tipo cotovelo, encaixar o cano L.
2° passo: Cortar 6 abraçadeiras de nylon no tamanho de 8 cm. Colar com super bonder as abraçadeiras no cano L, de modo que a distância entre elas sejam equivalentes. Envolver com fita isolante.
3° passo: Pegar o barbante de 6 metros e dobrá-lo ao meio e fazer dois furos no cano de esgoto, de modo que fiquem opostos de 1 cm da extremidade do cano. Passar a ponta do barbante entre as argolas e amarrar nos furos do cano. Encaixar o cano de esgoto no cano L.
4° passo: Prender o bico de pneu de bicicleta em uma extremidade da mangueira de 3 m, aquecendo-a, assim encaixando a válvula, depois prender com arame e passar fita isolante. Passar a outra extremidade da mangueira dentro no cano L.
5° passo: Furar a rolha de cortiça e passar na mangueira.
 

Questão 5 - Indique problemas que o grupo teve até o momento na construção do projeto. (200 Pontos)

Um problema foi o paraquedas, não conseguimos fazê-lo corretamente e acabamos pedindo ajuda para pessoas de outros grupos no dia do Festival de Foguetes.

Questão 7 - Em que local você está testando, ou pretende testar o foguete? (200 Pontos)

Estamos testando:    
                                     

 Mirante, em Taubaté











Hípica, em Tremembé







Questão 8 - Na semana do dia 18 haverá teste coletivo dos foguetes no colégio. Teu grupo estará pronto para este teste? Justifique sua resposta. (200 Pontos)

Sim, estamos todos organizados, nossa base e paraquedas estão prontos, como aponta os testes feitos.

RELATÓRIO - Foguete a Água - Parte 2

Questão 1- Qual a pressão que é colocada no foguete a água?

100 PSI

Questão 2 - Qual a situação atual do seu projeto?

Temos base, bomba e paraquedas prontos. Estamos nos reunindo regularmente para realizar testes e fazer a manutenção do foguete.



Questão 3 - Neste local você deve construir uma tabela com lançamento, tempo no ar e situação do lançamento (com paraquedas ou não, etc.).


Lançamento
Tempo no Ar
Situação do Lançamento
3,18 s
sem paraquedas
2,47 s
sem paraquedas
2,39 s
sem paraquedas
5,03 s
com paraquedas
6,23 s
com paraquedas
8,69 s
com paraquedas

Questão 4 - Descreva como o seu paraquedas foi construído.


A cortina de box foi dobrada e cortada como mostra no vídeo, os fios do paraquedas foram colados com fita isolante na cortina depois de cortada da forma correta.





















Questão 5 - Estime o desempenho de seu grupo na tomada de tempos do sábado e na competição de agosto.

 Sábado, tivemos um tempo de 2,22 segundos. Já era esperado um resultado abaixo do tempo mínimo exigido na prova, pois não tínhamos um paraquedas adequado. Na competição de agosto, esperamos um bom resultado, devido ao modo que estamos nos empenhando.

Questão 6 - Calcule a força realizada pelo foguete sobre a água que está dentro do mesmo.

Raio (R) = 2 cm = 0,02 m
π = 3,14
Pressão (p) mais utilizada = 6 bar = 600000 Pa
π.R² = área do círculo

Cálculo da força (F)

p=F/A
F=p.A
F=p.π.R²
F=600000 . 3,14 . 0,02²
F= 1884000 . 0,0004
F= 753,6 N

Questão 7 - Descreva de forma detalhada a experiência do grupo nos primeiros lançamentos.

Os primeiros lançamentos serviram para ver o funcionamento, perceber se precisava mudar algo na base, colocação da quantidade de água adequada para o foguete de acordo com as diferentes bombas utilizadas. O paraquedas, foi o mais complicado, precisamos fazer vários testes, inicialmente, não sabíamos o comprimento apropriado e também como dobrá-lo. Pedimos ajuda à pessoas de outros grupos e trocamos experiências, colaborando assim, para o melhor desenvolvimento do projeto.

Questão 8 - Descreva todos os materiais que tua base, teu foguete e teu paraquedas possui.

Base: madeira, cano, mangueira, rolha, veda rosca, parafusos, arame, barbante, válvula de pressão, abraçadeira de náilon, fita isolante.
Foguete: garrafa de 600 ml.
Paraquedas: cortina de Box, linha de crochê, fita isolante.

Questão 9 - Cite 5 conceitos físicos envolvidos no projeto e descreva onde eles estão envolvidos.

  • Centro de Pressão: Decorre da pressão que o ar faz ao passar pelas várias partes do foguete durante o voo.
  • Empuxo: É a força que faz o foguete subir, o ar de dentro do foguete empurra a água para fora, causando uma reação da garrafa no sentido contrário.
  • Inércia: Uma garrafa mais cheia tem mais inércia, pois possui mais massa. Mais inércia quer dizer mais resistência a mudanças de direção. Uma garrafa menos cheia tem menos inércia, pois possui menos massa. Menos inércia quer dizer menos resistência a mudanças de direção.
  • Segunda Lei de Newton: Uma garrafa de maior massa terá uma menor aceleração, e uma garrafa de menor massa terá uma maior aceleração.
  • Terceira Lei de Newton: Quanto mais água for expelida e mais rápido isso acontecer, maior será a reação da garrafa.

                                                                                       

Questão 10 - Faça aqui a conclusão do Projeto.

Esta iniciação tecnológica envolve muitos conceitos físicos já estudados. O projeto foi muito interessante para maior fixação de conteúdo dado em sala de aula de uma forma mais interativa e divertida. Os testes feitos sempre teve um intuito para melhoras em cada lançamento, assim atingindo um resultado satisfatório. 

domingo, 17 de junho de 2012

Festival de Foguetes

Sábado, dia 16 de Junho, tivemos o Festival de Foguetes na Chácara do Colégio IDESA. O evento consistia em lançamentos demarcando o tempo de cada grupo, classificando - os para a competição.
O grupo tinha feito o paraquedas dias antes do Festival, falhando em todos os lançamentos, porém no dia, pedimos ajuda a outras pessoas, de outros grupos, houve uma troca de experiências muito interessante. Pretendemos aperfeiçoá-lo nas férias, a competição está marcada para o primeiro sábado de agosto se não houver modificações.




sábado, 2 de junho de 2012

Patrono do Blog

Cesare Mansueto Giulio Lattes


Breve Biografia:

Um dos maiores cientistas brasileiros, o físico Césare Mansueto Giulio Lattes, mais conhecido como César Lattes, tornou-se um ícone na produção científica mundial e um símbolo, para o Brasil, que serviu de inspiração e estímulo para as gerações seguintes.
Lattes, no período da Segunda guerra mundial, iniciou pesquisas que contribuiriam para o avanço da ciência em relação à estrutura atômica. A descoberta do ‘méson pi’ (partícula efêmera, com massa entre a do elétron e a do próton) foi essencial para os estudos sobre radiação. Para efetuar suas pesquisas Lattes, com notável espírito empreendedor, montou o laboratório de Chaclataya, na Bolívia. Em parceria com outros pesquisadores, obteve importantes avanços como a reprodução artificial dos píons. Em trabalho conjunto com japoneses, fez descobertas como o fenômeno das 'Bolas de Fogo', nome dado às nuvens de mésons no interior dos átomos. Apesar de ser crítico de Einstein, suas pesquisas foram fundamentais para o desenvolvimento da 'Teoria da Relatividade', pois foram precursoras para a concepção dos 'quarks'. Dessa forma, apresentam fundamentos das teorias sobre a criação e a expansão do universo.

As contribuições de Lattes não se restringem ao meio acadêmico, no período de 1945 e 1956, houve uma forte interseção entre ciência e política. Os pesquisadores tinham a noção de que a ciência, para progredir, tem que partir de preceitos políticos capazes de arregimentar apoio logístico e financeiro em questões estratégicas para o desenvolvimento nacional. Em 1946, criou o CBPF (Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas) como o primeiro centro independente para pesquisa em física, agora ligado ao Ministério de Ciência e Tecnologia. As suas participações perante organizações de fomento a pesquisa também foram decisivas como integrante da comissão responsável pela instituição do CNPq. Participou no período de fundação, nas primeiras reuniões e, posteriormente, como membro do Conselho Deliberativo de 1953 a 1955. Teve grande atuação em universidades como USP, na cátedra do Departamento de Física da Faculdade de Filosofia, em que implantou o laboratório de emulsões nucleares, e UNICAMP, na direção do Departamento de Cronologia, Raios Cósmicos e Altas Energias do Instituto de Física, onde montou o laboratório de Síncroton. De 1950 a 1959, esteve presente na Comissão de Raios Cósmicos da União Internacional de Física Pura e Aplicada, em que demonstrou a necessidade de integração em parcerias e cooperação entre nações em prol do desenvolvimento científico. Recebeu várias homenagens nacionais e internacionais em reconhecimento ao legado de suas contribuições.
A história do cientista confunde-se com a história da ciência no Brasil e no mundo.


Escolha do Grupo:

Decidimos escolher Cesar Lattes por seu grande destaque e contribuição no meio científico, como o Centro Brasileiro de Pesquisas Científicas. 

A ciência deve ser universal, sem dúvida. Porém, nós não devemos acreditar incondicionalmente nisto.Cquote2.svg

Cquote1.svgA ciência universal seria o ideal. Mas a prática é bem diferente. Felizmente, todo segredo dura pouco.Cquote2.svg


Referência



Foguete a água

Foi realizado, no dia 1 de junho, a primeira reunião do grupo, com todos os membros presentes, para o lançamento de foguetes.
O local era adequado, segundo as normas de segurança. Ajustes devem ser feitos ao foguete, como a colocação de aletas, percebemos que ao ser lançado, teve uma leve inclinação para a esquerda.